Search for:

Como o Personal Trainer declara imposto de renda?

O personal trainer é um profissional que presta serviços de orientação e instrução física, a fim de melhorar o condicionamento físico de seus clientes. Como qualquer outro profissional que exerce sua atividade de forma autônoma, o personal trainer também tem a obrigação de declarar seus rendimentos anuais à Receita Federal.

No entanto, essa tarefa pode se tornar um pouco mais complicada para o personal trainer, pois ele precisa ter o conhecimento necessário sobre contabilidade e tributação.

Para ajudar nessa missão, listamos algumas dicas importantes que o personal trainer deve levar em conta ao declarar seus impostos.


1. O personal trainer precisa fazer a declaração anual do Imposto de Renda

Todos os profissionais que prestam serviços de forma autônoma são obrigados a fazer a declaração anual do Imposto de Renda. No caso do personal trainer, ele deve incluir seus rendimentos brutos na declaração, ou seja, todos os valores recebidos a título de serviços prestados, sem descontar as despesas.


2. O personal trainer pode deduzir algumas despesas

Mesmo que o personal trainer seja obrigado a declarar seus rendimentos brutos, ele ainda pode deduzir algumas despesas que são relacionadas à sua atividade profissional. Algumas das despesas que podem ser deduzidas são:

– Gastos com passagens aéreas, quando o treinamento é realizado fora do município de residência;

– Despesas com estadia, quando o treinamento é realizado fora do município de residência;

– Gastos com alimentação, quando o treinamento é realizado fora do município de residência;

– Gastos com material didático;

– Gastos com locomoção, se o treinamento for realizado fora da residência do cliente.

Essas despesas devem ser comprovadas mediante nota fiscal ou recibo, e devem ser detalhadas na declaração do Imposto de Renda.


3. O personal trainer deve ter um bom controle de suas finanças

Para fazer a declaração do Imposto de Renda de forma correta, o personal trainer precisa ter um bom controle de suas finanças. Isso significa que ele deve guardar todas as notas fiscais e recibos relacionados às suas despesas, além de anotar todos os rendimentos recebidos ao longo do ano.


4. O personal trainer pode contratar um contador para fazer a declaração

Para quem não se sente confiante em fazer a declaração do Imposto de Renda por conta própria, a melhor opção é contratar um contador para fazer o serviço. Esse profissional vai analisar as finanças do personal trainer e fazer a declaração de forma correta, evitando que o contribuinte seja penalizado pelo erro.


5. A declaração do Imposto de Renda deve ser feita até o dia 31 de maio

A declaração do Imposto de Renda deve ser feita até o dia 31 de maio, e o contribuinte que não cumprir essa obrigação poderá ser multado. Além disso, o atraso na entrega da declaração também pode impedir o contribuinte de receber algumas deduções ou isenções fiscais.

Por isso, é importante que o personal trainer se organize e faça a declaração do Imposto de Renda dentro do prazo estipulado.


6. O personal trainer pode fazer a declaração pelo site da Receita Federal

O personal trainer pode fazer a declaração do Imposto de Renda pelo site da Receita Federal, basta acessar o endereço da Receita Federal e seguir as instruções. Além disso, também é possível fazer a declaração pelo aplicativo da Receita Federal, disponível para smartphones e tablets.


Com essas dicas, fica mais fácil para o personal trainer fazer a declaração do Imposto de Renda. No entanto, é importante lembrar que essa tarefa deve ser feita com cautela, para evitar erros que possam gerar multas ou outras penalizações.


Procure sempre um profissional qualificado para cuidar da sua contabilidade e tributação.


Escrito por Leonardo Farah


Personal trainer sonha em melhorar suas habilidades de gerenciamento de tempo?

Muitos profissionais sentem que seus empregos estão ocupando todo o seu dia e deixando-os sem tempo livre para fazer outras coisas. E você que é personal trainer sente bem isso na pele.

Muitas vezes, os personal trainers pensam que não têm tempo suficiente para treinar clientes, gerenciar seus negócios e manter seu estilo de vida.


Se é assim que você se sente agora, aqui estão algumas dicas que você pode usar não apenas para gerenciar seu tempo no trabalho com eficiência, mas também para treinar mais clientes de forma eficaz, para que você possa ganhar mais dinheiro no processo e ainda ter algum tempo livre.


gestão do tempo é um dos aspectos mais estressantes da gestão de um negócio. Personal trainer lembre-se você é a sua empresa e como proprietário de um negócio, você está sempre fazendo malabarismos com várias tarefas ao mesmo tempo e tentando descobrir como assegurar que cada tarefa seja feita corretamente.

Mesmo os melhores proprietários de empresas lutam para manter um equilíbrio saudável entre seu trabalho, vida pessoal e social. Felizmente, com um pouco de prática, a administração do tempo não tem que ser estressante. Neste artigo, abordaremos várias maneiras de melhorar suas habilidades de gerenciamento de tempo e diminuir a carga de trabalho em seus ombros.

O que fazer então para evitar essa dor e essa falta de tempo?

Nos cinco passos seguintes, você aprenderá como empreender e ganhar vantagem sobre suas difíceis tarefas comerciais. Você pode não gostar, mas administrar seu tempo e trabalho é a única maneira de garantir que você terá tudo o que precisa ser feito. Vamos começar.


Passo 1: Defina sua lista de afazeres

O primeiro passo para melhorar suas habilidades de gerenciamento de tempo é estabelecer uma lista realista de afazeres.

Sua lista deve incluir as tarefas que você precisa completar com alguma indicação de quanto tempo cada tarefa vai demorar.

É importante ser realista sobre quanto tempo você pode trabalhar em uma tarefa antes de se sentir sobrecarregado ou entediado.

A chave é encontrar o equilíbrio perfeito entre ser produtivo e fazer pausas para si mesmo quando necessário.

Por exemplo, se um item de sua lista for limpar seu espaço de trabalho e outro for conversar com um colega, ou fazer um “networking, certifique-se de que o tempo que você levará para concluir essas tarefas seja escalonado para que você não fique sobrecarregado com duas longas tarefas ao mesmo tempo.

Pode parecer uma coisa pequena agora, mas é melhor começar com tarefas menores e trabalhar para cima quando necessário.


Passo 2: Fazer apenas o que pode ser feito

Você pode pensar que tem que estar fazendo mil coisas ao mesmo tempo para se antecipar nos negócios, mas ser multitarefas não é a melhor opção. Em vez de fazer tudo de uma vez, concentre-se apenas no que pode ser feito nas próximas 8 horas e dê prioridade a essas tarefas.

Estas são suas tarefas mais importantes que precisam de atenção imediata antes de qualquer outra coisa. Isto tornará mais simples para você administrar seu tempo, já que haverá menos distrações e mais senso de urgência para realizar estas tarefas.

Pode parecer difícil no início, mas se você buscar por alguns dias se condicionar a esse formato, você se acostumará a se concentrar em uma tarefa de cada vez. Mais importante ainda, você também verá uma diferença na rapidez com que será capaz de concluir suas tarefas, o que resultará em menos estresse em geral.


Etapa 3: Priorizar suas tarefas

A administração do tempo pode ser difícil, especialmente se você estiver fazendo malabarismos com uma variedade de responsabilidades. Uma das coisas mais importantes a lembrar é dar prioridade a suas tarefas.

E por último outra dica fantástica: evite cometer o erro de fazer a tarefa mais fácil primeiro e deixar de fora as mais difíceis. Fazer isso levará ao esgotamento e, em última instância, a uma diminuição da produtividade.

Em vez disso, leve algum tempo para criar uma lista de todas as suas tarefas, desde as mais fáceis até as mais difíceis. Depois, comece pelo topo com as tarefas mais fáceis e trabalhe para baixo até ter terminado tudo o que está em sua lista. Isto ajudará a garantir que você não descuide de nenhuma tarefa importante em favor das mais fáceis.


Não multitarefa

Um dos maiores desperdícios de tempo é a multitarefa. A multitarefa é frequentemente um sinal de que você se comprometeu demais, ou está tentando fazer muitas coisas ao mesmo tempo. É muito melhor para sua sanidade concentrar-se em uma tarefa de cada vez.


Passo 4: Acompanhe seu progresso regularmente

É importante acompanhar o seu progresso. Isto pode ser feito criando uma lista de afazeres com prazos, ou pode ser feito usando um aplicativo de gerenciamento de tempo como o TrelloGoogle agenda. Gerenciar o tempo é dez vezes mais fácil quando você tem em mente uma linha de tempo e objetivos claros.

Aqui estão algumas dicas úteis para acompanhar seu progresso:

-Criar prazos para cada tarefa Mantenha-se informado sobre quanto tempo você gasta em certas tarefas

-Revise sua linha do tempo todos os dias para ter certeza de que você continua no caminho certo


Conclusão

Então Personal trainer você que é um PERSONAL EMPREENDEDOR com estas 5 dicas simples, você pode começar a fazer algumas mudanças em sua rotina diária.

Sinta-se à vontade para ajustar estas dicas para melhor atender às suas necessidades e cronograma de trabalho. É importante encontrar um sistema que funcione para você; o que pode funcionar para o estilo de vida de outra pessoa pode não funcionar bem para o seu. Quando se trata de gerenciamento de tempo, não há uma solução “tamanho único”.

Pois cada um tem uma dinâmica diferente, o importante é você fazer e buscar uma melhor produtividade no seu dia.

Já deixe aqui seu comentário sobre esse artigo, e toda quinta-feira acompanhe o nosso PODCAST no canal do Youtube.

Fonte: Personal Empreendedor